Vereador Samir Ali usa tribuna para cobrar soluções de secretário na área da Saúde vilhenense

por Hayslla Mikaella do Couto publicado 05/12/2018 12h35, última modificação 06/12/2018 12h29

Na semana passada foi divulgado que Vilhena infelizmente perdeu o recurso para a construção da base do SAMU. Uma luta antiga de Samir Ali e do presidente Adilson de Oliveira.


Por tal motivo, Samir e Adilson encaminharam um ofício ao secretário municipal de Saúde Afonso Emerick para comparecer na sessão da Câmara e prestar esclarecimentos sobre o motivo que levou Vilhena a perder esse recurso, e teve que acabar fazendo a devolução, pois a cidade já havia recebido a verba.

O secretário está na capital, Porto Velho, e pediu para estar presente na próxima sessão ordinária da Câmara a ser realizada no dia 11 de dezembro.

“São diversas reclamações da saúde e infelizmente, mesmo com todas nossas cobranças, dá a impressão de que o vereador não faz nada. Hoje vi uma indicação do vereador Ronildo pedindo um oftalmologista e eu pedi o mesmo há um mês e até agora nada. Há mais de um ano e meio que a população está sem a assistência do oftalmologista que é amparada em lei e deve atender a rede municipal de ensino”, discursou Samir Ali.

O vereador também trouxe à tona a falta de medicamentos no Hospital Regional. Medicamentos básicos como morfina, dipirona, materiais como luvas, gases. Todos esses questionamentos deverão ser dirimidos com a presença do secretário de Saúde na tribuna da próxima sessão.

DICOM - Câmara de Vilhena