Vereador Samir Ali faz pedido para implantação de sala bilíngue para atender comunidade surda-muda no EJA

por Adriana Piacentini publicado 20/09/2017 11h46, última modificação 20/09/2017 11h46
Vereador defende o direito de jovens e adultos terminarem os estudos.

O vereador Samir Ali (PSDB) usou a tribuna da Câmara de Vereadores, na sessão ordinária desta terça-feira, 19 de setembro, para pedir novamente a implantação de uma sala bilíngue para atender a comunidade surda-muda no Centro de Ensino de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Samir defende o direito de igualdade para todos, e a instalação de uma sala também, para atender surdos-mudos dando a eles a oportunidade de concluírem o ensino.

“O mês de setembro é lembrado como setembro amarelo, por ser o mês de combate ao suicídio, porém, também é o setembro azul, onde temos três datas relacionadas à comunidade surda-muda. Precisamos lutar para que todos tenham o direito ao estudo e vou continuar lutando para que essa sala bilíngue seja uma realidade no EJA”, disse o vereador.

Samir tem, desde o início de seu mandato, buscado defender a classe surda-muda. Partiu dele a indicação para a contratação de uma intérprete em libras para acompanhar as sessões da Câmara. Desta forma trata com igualdade a todos que desejam acompanhar o trabalho dos vereadores.

Segundo o vereador, as conversas já estão adiantadas com a secretária de Educação Raquel Donadon para a implantação dessa sala no EJA.