Presidente da Câmara consegue material fresado para manutenção de pátio na divisa entre Rondônia e Mato Grosso

por Suelen publicado 06/09/2017 09h29, última modificação 06/09/2017 09h29
Pátio já foi cascalhado e agora será fresado, visando evitar prejuízos ao setor de transportes
O presidente da Câmara de Vereadores de Vilhena, Adilson de Oliveira (PSDB) em companhia do presidente da Cooperativa de Transportes de Rondônia – CTR Jorge Roberto Baumgratez, o “Marreta”, esteve reunido na semana passada com o gerente da empreiteira Castilho, Carlos Sérgio, que vai disponibilizar o material fresado para manutenção do pátio do Posto Fiscal no lado mato-grossense na divisa com Rondônia.

Adilson salientou que os caminhoneiros vêm enfrentando prejuízos com pneus e suspensão. Um paliativo no local vai resolver o problema e vai gerar ganho de produção aos empresários de Rondônia que realizam transportes.
“A situação no Posto Fiscal é caótica e a rodovia está intrafegável. Fico feliz em ver que o transporte vai ser beneficiado com esta obra, isso contribui para a economia do nosso município”, asseverou Adilson.
Na reunião, Carlos Sérgio informou que o material já está disponível e que vai proceder a entregá-lo nas imediações do Posto Fiscal.
O presidente agradece a intermediação do deputado federal Luiz Cláudio (PR) que foi peça fundamental para que o superintendente do Dnit da praça de Vilhena, Sergio Augusto Mamanny e o representante da praça de Cáceres/MT, Ricardo Santos, entrassem em contato com as empresas que vão realizar a obra. 
O cascalho já foi providenciado pela prefeita Rosani Donadon (PMDB), e a empreiteira Castilho vai colocar o material fresado. A Jurema e Andrade contratadas do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) vão realizar todo o serviço de reparo.