França Silva acompanha a implantação do Fundo Municipal de Trabalho e Emprego em Vilhena

por Adriana Piacentini publicado 14/08/2017 18h04, última modificação 14/08/2017 18h04
Fundo vai diminuir os índices de desemprego ao ofertar cursos de capacitação profissionalizante para suprir a demanda de vagas no mercado vilhenense
Na manhã desta segunda-feira, 14 de agosto, o vereador França Silva (PV) deu mais um passo importante rumo à criação do Fundo Municipal de Trabalho e Emprego em Vilhena.
França visitou o gabinete da prefeita Rosani Donadon em companhia do Diretor Geral de Trabalho e Emprego e Renda do Sistema Nacional de Emprego - Sine, Augusto Celso Figueiredo da Silva, e do diretor local do SINE José Moreira Lima. Eles foram recepcionados pela assessora Executiva do Gabinete Rosângela Menezes, já que a prefeita se encontra em Brasília. No oportunidade foi protocolado o Termo de Cooperação entre o Sine e a Prefeitura de Vilhena.
O fundo será gerido pelo Conselho Municipal do Trabalho e estabelecerá diretrizes e prioridades para as políticas de emprego, renda e relações de trabalho. A análise das tendências do sistema produtivo, no âmbito do município, e a proposição de medidas que minimizem os efeitos negativos dos ciclos econômicos e do desemprego sobre o mercado de trabalho. A proposição de alternativas econômicas e sociais geradoras de emprego e renda e a promoção de ações voltadas à capacitação de mão de obra e reciclagem profissional, em consonância com as exigências, cada vez maiores da especialização da mão de obra.
Na ocasião o vereador soube que o projeto da implantação do fundo está na procuradoria do município onde estão sendo elaborados os últimos ajustes para que seja encaminhado à deliberação da Câmara de Vereadores.
Comprometido com o projeto que trará emprego e renda aos munícipes, França estará se reunindo com a prefeita e os diretores do Sine para finalizar a concretização do fundo.
“O fundo vai ter a parceria do Sine e dos dois deputados vilhenenses. Investir em qualificação profissional vai refletir em melhorias na segurança, saúde e qualidade de vida. O fundo será referência em nível estadual, um marco para o estado e vai estimular as demais localidades. Gostaria que, além da capacitação que prepara o trabalhador para suprir as demandas do mercado, seja incluído um cursinho pré-vestibular e preparatórios para concursos para dar oportunidade a quem deseja entrar na faculdade. Vamos estudar a viabilidade disso”, finalizou França Silva.