CELULARES PARA VEREADORES: População precisa de um canal público para falar com os parlamentares

por Hayslla Mikaella do Couto publicado 05/10/2018 09h30, última modificação 05/10/2018 09h26

 Licitação dará continuidade aos serviços, mas com um valor menor

A Câmara de Vereadores de Vilhena realizará em breve uma licitação que terá como objetivo dar continuidade ao contrato de comodato e serviços de telefonia móvel aos vereadores do município. O pregão irá abranger a aquisição de 23 aparelhos de celular com serviços de linha e internet móvel. Já existe um contrato em vigor, e este novo irá dar continuidade aos serviços, mas em valores menores.
Existe uma necessidade da população ter a possibilidade de entrar em contato diretamente com os vereadores, e através do celular isso é possível de forma que os cidadãos não precisem se deslocar até a Câmara, agendar um horário, ou ainda aquelas pessoas que moram em distritos de Vilhena como Nova Conquista ou São Lourenço terem que se deslocar por quilômetros para falar com um parlamentar. 
O valor estimado da licitação é de R$ 94.279,50 para a prestação de serviços por 30 meses (2 anos e meio), ou seja, a Câmara só poderá contratar uma empresa para prestar o serviço, a partir desse valor para menos. E como se trata de um pregão, a menor proposta é a vencedora. Geralmente, na maioria dos casos, a proposta vencedora é cerca de 30% menor do que a estimativa. 
A Câmara de Vereadores, através de seu presidente Adilson de Oliveira, ressalta que a contratação desses serviços de telefonia móvel é essencial tanto para a população como para os vereadores. “Através desses celulares, os quais os números são divulgados publicamente, a população poderá dar sugestões, reclamar e cobrar iniciativas de seus vereadores. Tudo por meio da tecnologia móvel, apesar das críticas é um benefício também para população, que pode ser mais participativa”, disse Adilson.
 

 

DICOM - Câmara de Vilhena